Nortonamatoconsultor's Blog
Just another WordPress.com weblog

Casino rebate Carrefour e reafirma intenção hostil de rival

Principal opositor à possível fusão Carrefour-Pão de Açúcar e um dos maiores acionistas do gigante varejista brasileiro, o grupo francês Casino rebateu nesta terça-feira as alegações do rival, que negou ter qualquer plano hostil com relação ao seu concorrente.

‘O Carrefour não tem intenções hostis ante o Casino. A Gama submeteu sua proposta simultaneamente para o Carrefour e para o Pão de Açúcar e a transação proposta está sujeita à aprovação do Pão de Açúcar’, afirmou o Carrefour em comunicado.

“Se o Carrefour não tivesse intenções hostis, certamente teria notificado o Casino, o acionista com a participação mais significativa (…) no CBD, de suas intenções”, respondeu o grupo francês, em nota distribuída hoje.

A diretoria do Casino afirma que as negociações entre o rival e o Pão de Açúcar são “claramente vedadas” pelos acordos já assinados e diz estar confiante de que “sua posição vai prevalecer” perante as “cortes relevantes” e os “tribunais que vai apreciar a matéria”.

O grupo francês aponta ainda que uma decisão de uma corte local, de 24 de junho, já aponta para uma “potencial ruptura dos acordos contratuais” na negociação do Carrefour.

“Ao contrário do que o Carrefour reivindica, uma transação dessa natureza exige transparência total e um respeito pelos direitos de todas as partes envolvidas”, conclui o Casino.

BNDES

O presidente do Casino, Jean Charles Naouri, se reuniu na noite de ontem com Luciano Coutinho, presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), para reforçar sua posição contrária à fusão entre o Pão de Açúcar e o Carrefour.

Naouri quer que o BNDES desista de financiar a operação. O BNDES, que a princípio estava apoiando as negociações, afirmou que só vai financiar a fusão entre o Pão de Açúcar e o Carrefour se houver acordos amigáveis entre as partes. O banco disse que pode investir até R$ 4,5 bilhões no negócio.

Naouri reclamou que ainda não recebeu a proposta oficial de fusão entre os dois grupos, mais de uma semana após o anúncio oficial da operação.

Para que a documentação seja apresentada, é necessário que seja convocada uma reunião da Wilkes, a holding que controla a varejista brasileira e cujo capital é dividido entre o Casino e a família Diniz. O Casino possui 43,1% das ações do Wilkes.

Fonte: Folha.com

Nenhuma resposta to “Casino rebate Carrefour e reafirma intenção hostil de rival”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: